Utilidade do contraste em lesões novas ou com crescimento na Esclerose Múltipla (EM): seu uso ainda é necessário? | STAR Telerradiologia