Saber o que fazer diante da ausência do médico radiologista é questão estratégica dentro das clínicas de radiologia. Com uma alta demanda no mercado, elas estão em constante expansão. Grande parte desse processo depende de uma equipe bem preparada e comprometida com as tarefas do negócio.

É comum que os gestores se deparem com situações em que o médico radiologista precisa se ausentar, seja por férias ou qualquer outro fator que o deixe longe do serviço por um determinado período.

star telerradiologa - ferias radiologista

Nesse contexto, preparamos um material com alguns tópicos relevantes sobre o que pode ser feito para que essa situação não comprometa a entrega dos laudos no prazo, com possível impacto negativo para a imagem do serviço. Acompanhe e entenda melhor!

1. Mantenha um médico radiologista substituto

A primeira opção que vem em mente: contratação de um profissional de radiologia capaz de substituir o médico que se encontra no período de férias. Se esse é o objetivo da clínica, uma dica interessante é preparar uma lista com alguns contatos fixos ou buscar uma empresa especializada em oferecer esse suporte.

Como os médicos radiologistas saem de férias periodicamente, a clínica ganha ao fazer um netwoking com parceiros que possam oferecer uma equipe para atender os pacientes com a mesma qualidade de um profissional já contratado.

2. Disponibilize laudos a distância

O mercado brasileiro está repleto de tecnologia, e uma equipe de gestão que foca nesse recurso destaca sua clínica em um cenário competitivo. Para os casos em que o médico radiologista se ausenta do trabalho, os laudos a distância são uma excelente opção para manter os laudos em dia, sem perder em qualidade.

Com serviços especializados, é possível solicitar diversas modalidades de laudo. Entre eles, podemos destacar:

  • ressonância;
  • tomografia;
  • radiografia;
  • mamografia;
  • densitometria óssea;
  • medicina nuclear
  • e outros…

Utilizando esse tipo de solução, é possível que o gestor do serviço de imagem contrate os serviços e receba os laudos com alta qualidade. Além disso, não é necessário contratar um novo profissional para substituir o médico radiologista durante seu período de férias.

3. Terceirize as demandas relativas à radiologia

Os serviços de telerradiologia englobam toda uma gama de serviços a distância e são também uma excelente opção para que os gestores substituam profissionais ausentes.

Além das soluções já apresentadas, é possível que os gestores contratem profissionais para ministrar algum tipo de consultoria/treinamento ou para atender alguma demanda específica por período determinado.

Por exemplo, se a clínica necessita de médicos que cubram plantões — noturnos ou de fins de semana —, é interessante contar com um parceiro que ofereça esse tipo de mão de obra, atendendo ao nível de necessidade da clínica.

4. Planeje-se para os períodos de ausência

Apesar de todas essas dicas, não basta que a clínica simplesmente espere até o último momento para encontrar uma solução para substituir o médico. O planejamento das atividades é a base para o sucesso nesse tipo de situação.

Uma sugestão eficiente é elaborar um quadro com datas das consultas e manter a política de programar sempre as férias dos profissionais da clínica com um período razoável de antecedência. É claro que nem sempre tudo sai como o planejado, mas adotar esse tipo de ação é extremamente benéfico para os resultados da clínica.

Substituir o médico radiologista deixa de ser uma dor de cabeça seguindo essas sugestões e contando com a ajuda da tecnologia. Para saber mais sobre soluções para o mercado de radiologia, conheça as principais tendências tecnológicas na área da saúde para 2017!