A Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID) é uma das mais importantes ferramentas epidemiológicas utilizadas diariamente por médicos.

Neste artigo, você poderá entender melhor sobre o assunto, basta continuar a leitura!

O que é CID?


O CID é uma classificação de doenças e problemas relacionados à saúde, definido como um sistema de categorias no qual as doenças são classificadas substituindo seus nomes por códigos alfanuméricos, a partir dos quais é possível realizar um controle epidemiológico dessas condições.

Essa classificação permite o registro, análise, comparação e interpretação sistemática da ocorrência das doenças e dos registros de mortalidade relacionados a elas.

Em 1893, os epidemiologistas notaram a necessidade de entender quais eram as doenças que causavam os óbitos na população.

Entendendo quais são as causas de morte é possível agir para tentar evitá-las, por exemplo.

Então nesse ano foi criada a chamada lista internacional de causa de morte.

No entanto, ainda havia problemas de tradução e comunicação entre os diferentes países.

Foi assim que a OMS (Organização Mundial de Saúde) formou comissões e gradualmente foi aperfeiçoando o Código Internacional de Doenças, até chegarmos na sua décima edição em 1990.

 

Qual objetivo do CID?


O objetivo do CID é permitir registrar os dados em saúde, de morbidade e mortalidade para que seja possível analisar, interpretar e compará-los em diferentes países ou regiões em diferentes momentos.

O CID é utilizado para que seja prático armazenar, recuperar e analisar dados, através da tradução de diagnósticos e outras condições de saúde em um código alfanumérico único.

Na prática, o CID é o padrão internacional de diagnóstico e classificação para todos os dados epidemiológicos.

Ele inclui a análise da situação geral de saúde de grupos ou mesmo de toda uma população.

Além de permitir monitorar a incidência e prevalência de doenças e outras condições de saúde.

 

Como o CID é utilizado?

médicos conversando sobre a tabela cid e classificação internacional de doenças


A 10ª revisão do CID utiliza um código alfanumérico com uma letra na primeira posição e um número na segunda, terceira e quarta posições. O quarto caractere segue um ponto decimal.

Desse modo os números de código possíveis variam de A00.0 a Z99.9.

A letra U não é utilizada e a classificação está dividida em 22 capítulos de A a Z.

O primeiro caractere do código é uma letra, e cada letra, no geral, está associada a um capítulo específico.

Os códigos U00–U49 devem ser usados pela OMS para a atribuição provisória de novas doenças de origem incerta. Já os códigos U50–U99 podem ser usados em pesquisas.

Quem usa o CID para classificar doenças e problemas nos registros de saúde são:

  • Médicos;
  • Outros profissionais de saúde;
  • Pesquisadores e gestores de saúde;
  • Seguros de saúde.

 

Devo colocar o CID no atestado médico?


A Resolução CFM nº 1.819/2007 do CFM (Conselho Federal de Medicina) proíbe “o preenchimento, nas guias de consulta e solicitação de exames das operadoras de planos de saúde, dos campos referentes à Classificação Internacional de Doenças (CID) e tempo de doença concomitantemente com qualquer outro tipo de identificação do paciente ou qualquer outra informação sobre o diagnóstico, haja vista que o sigilo na relação médico-paciente é um direito inalienável do paciente, cabendo ao médico a sua proteção e guarda”. A exceção são os casos previstos em lei.

A Resolução CFM nº 1.851/2008 diz que é dever do médico “estabelecer o diagnóstico, quando expressamente autorizado pelo paciente”.

 

Quais são os capítulos do CID?


Como falamos anteriormente, o CID está divido em 22 capítulos, listados abaixo:

  • Capítulo I (A00 a B99): Algumas doenças infecciosas e parasitárias
  • Capítulo II (C00 a D48): Neoplasias [tumores]
  • Capítulo III (D50 a D89): Doenças do sangue e dos órgãos hematopoéticos e alguns transtornos imunitários
  • Capítulo IV (E00 a E90): Doenças endócrinas, nutricionais e metabólicas
  • Capítulo V (F00 a F99): Transtornos mentais e comportamentais
  • Capítulo VI (G00 a G99): Doenças do sistema nervoso
  • Capítulo VII (H00 a H59): Doenças do olho e anexos
  • Capítulo VIII (H60 a H95): Doenças do ouvido e da apófise mastóide
  • Capítulo IX (I00 a I99): Doenças do aparelho circulatório
  • Capítulo X (J00 a J99): Doenças do aparelho respiratório
  • Capítulo XI (K00 a K93): Doenças do aparelho digestivo
  • Capítulo XII (L00 a L99): Doenças da pele e do tecido subcutâneo
  • Capítulo XIII (M00 a M99): Doenças do sistema osteomuscular e do tecido conjuntivo
  • Capítulo XIV (N00 a N99): Doenças do aparelho geniturinário
  • Capítulo XV (O00 a O99): Gravidez, parto e puerpério
  • Capítulo XVI (P00 a P96): Algumas afecções originadas no período perinatal
  • Capítulo XVII (Q00 a Q99): Malformações congênitas, deformidades e anomalias cromossômicas
  • Capítulo XVIII (R00 a R99): Sintomas, sinais e achados anormais de exames clínicos e de laboratório, não classificados em outra parte
  • Capítulo XIX (S00 a T98): Lesões, envenenamento e algumas outras conseqüências de causas externas
  • Capítulo XX (V01 a Y98): Causas externas de morbidade e de mortalidade
  • Capítulo XXI (Z00 a Z99): Fatores que influenciam o estado de saúde e o contato com os serviços de saúde
  • Capítulo XXII (U04 a U99): Códigos para propósitos especiais

 

O que significa cada código do CID?


Confira abaixo a tabela com todos os códigos da Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde.

Utilize o campo “buscar” no início da tabela e digite o código ou descrição para localizar seu significado.

wdt_IDCódDescrição
1A000Cólera devida a Vibrio cholerae 01, biótipo cholerae
2A001Cólera devida a Vibrio cholerae 01, biótipo El Tor
3A009Cólera não especificada
4A010Febre tifóide
5A011Febre paratifóide A
6A012Febre paratifóide B
7A013Febre paratifóide C
8A014Febre paratifóide não especificada
9A020Enterite por salmonela
10A021Septicemia por salmonela
11A022Infecções localizadas por salmonela
12A028Outras infecções especificadas por salmonela
13A029Infecção não especificada por salmonela
14A030Shiguelose devida a Shigella dysenteriae
15A031Shiguelose devida a Shigella flexneri
16A032Shiguelose devida a Shigella boydii
17A033Shiguelose devida a Shigella sonnei
18A038Outras shigueloses
19A039Shiguelose não especificada
20A040Infecção por Escherichia coli enteropatogênica
21A041Infecção por Escherichia coli enterotoxigênica
22A042Infecção por Escherichia coli enteroinvasiva
23A043Infecção por Escherichia coli enterohemorrágica
24A044Outras infecções intestinais por Escherichia coli
25A045Enterite por Campylobacter

 

Data da versão: 2008 • Fonte: http://www.datasus.gov.br/cid10/download.htm