Tecnologia

Últimos artigos e notícias sobre sobre tecnologia na Radiologia

O que é Tomografia Computadorizada

Tomografia computadorizada é um procedimento não invasivo de diagnóstico por imagem que combina o uso de raio-x com computadores especialmente adaptados. É utilizado para criar imagens detalhadas dos mais variados tecidos do corpo humano. O procedimento é realizado através da emissão de raios-x rotacionada ao redor do corpo, que por sua vez e de forma variada, a depender de cada tecido, atenua o feixe de

Ressonância Magnética: conceito, como funciona, tipos de exames e história

Ressonância magnética é um método de diagnóstico por imagem com alta capacidade de diferenciar várias características dos tecidos biológicos. Sua aplicação se estende a todas as partes do corpo humano, explorando aspectos anatômicos e funcionais.  Certamente, isso coloca a RM como uma ferramenta fortíssima em relação às demais modalidades de imagem. Também a torna a mais complexa, visto que  são necessários entendimentos sobre eletromagnetismo, supercondutividade

Telerradiologia: o que é e como funciona

Telerradiologia é o nome dado para a prática da radiologia a distância e é uma especialidade da telemedicina. Ela possibilita que médicos radiologistas possam interpretar e elaborar laudos de exames médicos através da internet. Em síntese, é uma atividade inovadora de apoio a Centros de Diagnóstico por Imagem de hospitais e clínicas. Portanto, neste artigo, você vai ver as informações mais importantes da Telerradiologia: O

Laudo a distância: o que é, como funciona, regulamentação e quais exames são permitidos

Laudo a distância é um laudo médico assinado remotamente por um médico especialista.      A elaboração de laudos médicos a distância faz parte da Telerradiologia: uma área da Telemedicina que compreende a prestação de serviços médicos a distância com foco em Radiologia. Por ser realizado através da internet, um de seus principais benefícios é o ganho de agilidade e qualidade com o acesso a

Telemedicina: o que é e suas especialidades

A telemedicina é a prestação de serviços de saúde a distância através do uso de tecnologias de telecomunicação e imagem. Devido ao suporte remoto, ela pode entregar muitos cuidados da saúde que são considerados recursos limitados para grande parte da população. Neste artigo, você vai ler sobre: As Atividades Mais Comuns de Telemedicina Os Benefícios da Telemedicina A Regularização da Telemedicina A Perspectiva da Telemedicina

Radiologia Odontológica: O que é, Avanços Tecnológicos e Aspectos Éticos e Legais

A Radiologia Odontológica é a especialidade que examina os dentes e a face de uma pessoa através da radiologia tradicional. Para a Odontologia, é uma ferramenta essencial de diagnóstico e interpretação radiográfica odontológica. Portanto, é importante para o planejamento e acompanhamento de doenças bucais, seus exames são divididos em radiologia intraoral e extraoral. Ou seja, realizados por dentro e fora da boca, respectivamente.   Em

Os obstáculos para o uso em massa da Inteligência Artifical na radiologia

A radiologia é uma das áreas mais importantes da medicina. Envolve diagnosticar doenças a partir da interpretação das várias modalidades de imagem, variando de ultrassom, ressonância magnética (RM), tomografia computadorizada (TC) e raios-x. Há dados que evidenciam um grande aumento do uso da radiologia na prática clínica. Nos últimos anos, muito tem se falado sobre o uso da inteligência artificial (IA) na radiologia. Em síntese,

Medicina Nuclear: O Que É, Como Funciona e o Cenário Atual

A medicina nuclear é uma especialidade médica multifacetada e repleta de casos de sucesso ao longo de sua história. Ela tem potencial de diagnosticar e tratar doenças com taxas cada vez maiores de eficiência. Aliás, algumas doenças já têm como tratamento-padrão o uso de radioisótopos. Apesar de ainda incipiente e com concentração geográfica nos grandes centros urbanos, esta especialidade cresce rapidamente em todo Brasil. Assim,

Como a Tecnologia Contribuiu para a Emissão de Mais Laudos Médicos

Um estudo recente aponta que a prevalência de doenças crônicas¹ é um fator incisivo na demanda por procedimentos minimamente invasivos. Isso incentiva a atualização de tecnologias para o diagnóstico por imagem destas doenças e acompanha, em consequência, a emissão de mais laudos. Diferente da última década, os métodos diagnósticos possibilitaram ao médico informações com uma rapidez e eficiência surpreendentes. Segundo André Scatigno Neto², a

A radiografia e a medicina moderna

A Radiografia se consolidou como uma importante ferramenta para a medicina, proporcionando excelentes imagens e diagnósticos. Seu início remonta ao século XIX com o descobrimento dos Raios-X por Wilhelm Roentgen, ganhador do Prêmio Nobel de Física. Isso possibilitou, inicialmente, observar fraturas no tecido ósseo e, hoje, já se vê muitas outras estruturas do corpo humano. Contudo, ainda vemos grande preocupação com as doses de radiações