Tecnologia

Últimos artigos e notícias sobre sobre tecnologia na Radiologia

Tecnologia na saúde: o que é, vantagens e tendências

O campo da inovação em saúde cresce a uma taxa exponencial, conhecido e difundido como tecnologia na saúde (healthtech), proporcionando as tecnologias em uso em unidades de saúde todos os dias e tecnologias futuras que auxiliarão na melhoria dos cuidados aos pacientes. Como em outras indústrias e campos da economia, as empresas que investem constantemente nos avanços de tecnologia em cuidados de saúde podem auferir

O que é Telemedicina, modalidades e como funciona?

Telemedicina é o termo utilizado para definir a atividade médica mediada por Tecnologias Digitais, de Informação e de Comunicação (TDICs), com a finalidade de prestar assistência, educação, pesquisa, prevenção de doenças e lesões, gestão e promoção de saúde, podendo ser realizada em tempo real on-line (síncrona) ou off-line (assíncrona). Devido ao suporte remoto, ela pode entregar muitos cuidados da saúde que são considerados recursos limitados

Teleconsulta: o que é, como funciona e vantagens

Não é preciso dizer que a consulta presencial é crucial. No entanto, para algumas pessoas sair de casa pode não ser tão fácil, como pacientes idosos, acamados ou até mesmo para quem faz acompanhamento médico em outras cidades e até estados diferentes do que vivem.  Ainda quando consideramos o  cenário pandêmico como vivenciamos e com a recomendação de distância social. Por isso, a teleconsulta, ou

Laudo a distância: como funciona, regulamentação e exames

Laudo a distância é um laudo médico assinado remotamente por um médico radiologista. A elaboração do laudo a distância é um produto da telerradiologia, uma área da telemedicina que compreende a prestação de serviços médicos a distância com foco em Radiologia. Por ser um processo realizado através da internet, um de seus principais benefícios é o ganho de agilidade e qualidade com o acesso a

Efeito Doppler: o que é e como ele funciona no ultrassom

A medicina moderna se baseia em um tripé de uma história clínica bem colhida, exame físico e métodos complementares de diagnóstico. Nesse último grupo, os exames de imagem assumem um papel de destaque. As radiografias, ultrassonografias, tomografias e ressonâncias magnéticas permitem a análise de órgãos e estruturas internas do corpo humano de maneira não invasiva e com muito menos risco e morbidades associadas. Dentre as

O que é RIS? 7 Funcionalidades e 6 benefícios do sistema

Já se passaram os tempos em que um paciente entrava em uma clínica e o atendimento tinha que procurar as fichas e arquivos naqueles armários gigantes e espaçosos. A tecnologia começou a decolar nos anos 90, desde então profissionais da área de Radiologia tiveram que acrescentar termos como PACS e RIS em seu vocabulário cotidiano. Mas o que é exatamente um RIS? O que ele

PACS, RIS, CIS, LIS e HIS: o que são, como funcionam, quais as diferenças para hospitais e clínicas

Não é nenhuma surpresa que a Medicina apresenta muitos jargões e siglas entre os profissionais da área. Entretanto, é natural que pessoas de diferentes indústrias se comuniquem assim, o que pode trazer mais clareza e mais assertividade. Acrônimos, por exemplo, oferecem uma forma resumida de descrever situações, processos e conceitos que de outra forma levariam mais tempo para serem discutidos. Vimos muito bem como isso

Tecnologia 5G na Saúde: 5 cenários previstos na Medicina

Na maioria dos casos, quando uma pessoa ficava doente e precisava de tratamento médico, essa pessoa tinha apenas uma escolha: ir presencialmente ao médico ou ao hospital. Em áreas rurais ou distantes das grandes metrópoles, isso era uma tarefa ainda mais difícil e demorada. Com a chegada da telemedicina (1) e dos sistemas informatizados para telessaúde, podemos receber cuidados especiais no conforto de nossas casas.

Densitometria Óssea: o que é, como interpretar e como funciona o exame?

A densitometria óssea é um exame simples, rápido e não invasivo, semelhante ao raio X, que avalia a “estrutura” óssea. Usa uma pequena quantidade de radiação ionizante para produzir imagens do corpo e medir a densidade mineral óssea com rapidez e precisão. Normalmente, é recomendado para diagnosticar osteopenia e osteoporose, e por conseguinte presumir pacientes com maiores riscos de fraturas. A osteoporose é uma doença

Telemedicina Radiológica: o que é e porque é um avanço para a saúde

O cotidiano profissional de um médico radiologista está entre dividir o seu tempo entre (i) o atendimento de pacientes, nos casos de exames e procedimentos que precisam ser presenciais, como o ultrassom e intervencionista, e (ii) a análise de imagens de exames de imagem e preparação de laudos médicos. Basicamente, na radiologia, a telemedicina entra como um facilitador para a análise de exames e elaboração